Podemos nunca saber onde as coisas terminam… mas todos sabemos exatamente onde tudo começa.

– Bárbara Stecca

A dor de arrepender-se do que não fizemos consome nosso ânimo e revira nossos estômagos. Não deixe acontecer. Enfie-se na multidão, corra mais rápido, diga ‘Esperem!’, diga sim, diga não, diga que quer ou que não quer, respire, grite, escolha, mas não deixe passar em branco. Prefira rir da queda à encolher-se de remorso por não ter pulado.

– Bárbara Stecca

Você usa bocas desconhecidas para afagar seu coração partido.

– Bárbara Stecca

Seja para quem você ama a felicidade que ela é pra você. Retribua, demonstre, não deixe que os bons momentos e as palavras bonitas passem em branco. Diga “obrigada”, diga “eu te amo”, diga o que está sentindo. Todo mundo gosta de saber que é a felicidade da vida de outra pessoa.

– Bárbara Stecca

folego:

Um quadro do mar pendurado na parede não é uma janela com vista para uma praia. Não se engane; corra atrás do que é real, não se contente com cópias, com sósias, com réplicas.

Bárbara Stecca

folego:

Eu costumava ser boa em descrever sentimentos. Agora mal sei descrever um sorriso torto e sem sentido. Isso prova que o tempo vai matando aquilo que eu tento manter com tanta vontade. Eu sempre quis continuar sendo sensível à beleza dos pequenos detalhes, mas a magnitude do dia-a-dia, devagar, vai engolindo o meu tato. De repente, eu nem sei mais escrever.
Bárbara Stecca

folego:

Eu costumava ser boa em descrever sentimentos. Agora mal sei descrever um sorriso torto e sem sentido. Isso prova que o tempo vai matando aquilo que eu tento manter com tanta vontade. Eu sempre quis continuar sendo sensível à beleza dos pequenos detalhes, mas a magnitude do dia-a-dia, devagar, vai engolindo o meu tato. De repente, eu nem sei mais escrever.

Bárbara Stecca